08/03/2017

DIA INTERNACIONAL DA MINHA MULHER RENATA AHRENDS




Hoje, numa atitude totalmente “machista”, não irei comemorar o Dia Internacional da Mulher, mas sim o Dia Internacional da Minha Mulher, com todas as contradições, direitos e preconceitos que a expressão “minha” possa ter.
Como disse Toninho Geraes de forma tāo original na voz do Martinho da Vila, “já tive mulheres de todas as cores, de várias idades, de muitos amores”, mas o meu último e definitivo casamento realmente me faz muito feliz.
Felicidade é uma palavra altamente comprometida no Brasil e no mundo de hoje, mas com o olhar certo e uma pequena dose de alienação, a gente consegue enxergá-la, plena, vibrante, reluzente, como pepita de ouro quando aparece brilhando no balaio do garimpeiro.
Minha pepita mulher, Renata Ahrends, foi escolhida pelos Orixás para que ela me escolhesse como namorado. A mulher é sempre quem escolhe. De namorado, viramos marido e mulher, viramos amigos, viramos cúmplices, e como escrevi no samba, “hoje somos dois e quase sempre somos um”.
A mulher Renata é risonha e combativa, ao mesmo tempo. É doce e crítica, é forte e frágil. Ri largamente  por qualquer bobagem na mesma medida que chora por qualquer coisa. Tudo isso na mesma intensidade, numa mesma pessoa, e nesse sentido ela é pequena e gigante.
Chora principalmente com a injustiça social, com a humilhação dos mais pobres e fragilizados. Chora de raiva por causa dos políticos corruptos, da violência policial e do desrespeito a natureza. Chora quando ouve uma música bonita. Chora, mas chora muito, quando o Flamengo perde. E eu botafoguense. O que fazer, né? Por amor tenho que chorar junto.
Esse pacote de intensidade existencial terminou por dar uma sacudida recente em seu coração grande. Mas está tudo bem, dentro da luta diária para ficar longe de seu velho companheiro o reles e vulgar cilindro de tabaco. Uma luta que ela vem vencendo com galhardia e que me deixa muito orgulhoso.
Coraçāo grande o suficiente para abrigar pessoas, causas, sentimentos intensos e um lugarzinho privilegiado pra mim.
--> Entāo é isso.  Agradecendo aos Orixás pelo presente que recebi, desejo muita paz, calma, tranquilidade, esperança, equilíbrio, fé, saúde, alegria  e felicidades plenas para o meu amor Renata Ahrends, neste Dia Internacional da Minha Mulher. Beijinhos.