Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 7, 2016

Plataformas digitais: Meu bem? Meu zen? Meu mal?

Meu bem Caríssimo leitor, quero aproveitar este momento olímpico carioca onde nós músicos, cantores, compositores e arranjadores estamos tendo que dar cambalhotas para sobreviver, para dividir com você uma reflexão inspirada na lição de superação de limites que têm acontecido bem aqui ao lado da minha casa, particularmente vindas de Rafaela da Cidade de Deus. Nas últimas semanas   decididamente, e finalmente, aderi as chamadas “plataformas digitais” para audição e compra de música. Nessa pegada estou promovendo um natal antecipado presenteando  minha coleçāo de   CDs para os amigos mais chegados e ainda apegados a essa mídia. Não sou saudosista, embora seja um cultuador das tradições, muito pelo contrário, meu precoce envolvimento com a informática por volta dos quinze anos (aprendi a usar a máquina de perfurar cartões IBM 029, a   programar na linguagem   em Assembler, alguma coisa do COBOL e operar computadores Burroughs – tudo peça de museu hoje em dia) me leva até